QUALIDADE DA AGUA

Os procedimentos de controle e vigilância da qualidade da água para consumo humano e seu padrão de potabilidade estão descritos nos anexos XX e XXI da portaria da consolidação N° 5 de 28 de setembro de 2017.

As análises laboratoriais para controle e vigilância da qualidade da água para consumo humano são realizadas em laboratório próprio e terceirizado, seguindo o sistema de gestão da qualidade, conforme os requisitos especificados na NBR ISO/IEC 17025:2005.

São analisados mais de 100 parâmetros, entre eles estão:

PARÂMETRO VALORES PERMITIDOS  DESCRIÇÃO
Turbidez Máximo 5 NTU Propriedade física dos fluidos, trata-se da redução de sua transparência devido a presença de particulas em suspenção ou coloidais, é expressa em Unidade Nefelométrica de Turbidez (NTU).
Cor Máximo 15 PtCo A cor geralmente se dá pela presença de matéria orgânica, metais como ferro e manganez, dentre outras substâncias dissolvidas na água, expresso em escala de platina - cobalto (Pt/Co).
pH Entre 6,0 e 9,5 Escala logarítmica que mede o grau de acidez, alcalinidade ou neutralidadede em uma determinada solução.
Cloro Livre Entre 0,2 e 2,0 mg/L É um bactericida, tem a função de garantir a potabilidade da água até as residências.
Fluoreto Entre 0,6 e 0,8 mg/L Auxilia na prevenção da cárie dentaria.
Bactérias Heterotróficas Máximo 500 UFC/mL Microorganismos que requerem carbono orgânico com fonte de nutrientes, é um parâmetro sobre a qualidade bacteriológica da água.
Coliforme Totais Ausência em 95% das amostras analisadas no mês Abrange grupo de bactérias que podem ou não ser prejudicias a saúde, serve como um indicador da qualidade da água.
Escherichia Coli Ausência em 100% das amostras analisadas no mês A maioria das estirpes de E. coli são inofensivas, mas alguns sorotipos podem causar graves intoxicações alimentares nos seres humanos.